5 de fevereiro de 2012

Perdão ,

Perdão por não poder estar sempre perto de você , é que as vezes , assim como as palavras , os meus sentimentos somem e me deixam vazia, sem saber o que falar. As vezes eu tenho medo de perder você , por ser assim indecifrável, ou talvez você seja a única pessoa que me entenda  verdadeiramente.
Só queria ter o seu coração em minha mão !

                          Art-fashion-girl-pretty-favim.com-286896_large

Só queria { .. }

Só queria que tudo voltasse ao normal e o que era antes. Mas isso poderia acontecer ? Eu queria um Olhar, na verdade, o teu olhar. Um abraço apertado , daqueles que você me levantava ; eu tenho a sua voz guardada dentro de mim , eu te vejo em meus pensamentos , e junto vem as lágrimas , com a pergunta se eu irei aguentar. Mas que dor é essa ? 



fui dormir pensando em você



Mais uma vez, como todas as noites . Pensando em tudo que aconteceu e em todas as palavras perdoadas mais não esquecidas , até tentei não lembrar , mais não deu pra esquecer. Pensei em você (sempre lindo) , pensei em mim , pensei em nós , e percebi que todos os momentos que vivemos juntos foram de uma memória jamais esquecida. Percebi também que eu não sei como irei continuar se eu perder o seu olhar , perder os seus carinhos , sem seu cheiro , sem seus abraços não posso ficar. Por isso eu quero te dizer tudo o que eu sinto por você (pra não ter o risco de te perder) , não quero comparar o meu amor com nada , ele é incomparável e inimaginável , eu só sinto ! Quando te vejo , coração palpitante e ofegante , quando te abraço me conforto , quando sinto teus lábios o meu mundo e o seu se encontram , o teu s
orriso é inexplicável , me faz sorrir sem nenhuma palavra. Você sabe e precisa entender o quanto
eu amo você !




Pare, sorria


Sorria, mesmo que o seu coração esteja chorando por dentro , mesmo que ele esteja machucado , sorria ! Só não se esconda atrás desse sorriso ! Assim você recebe um pouco de alegria, como se cura a tristeza , Apenas basta sorrir, como num toque de magia !
Pare por um minuto e sorria !





20 de novembro de 2011

Desabafando e explicando.

      .. de um tempo pra cá, a minha vida bagunçou , e não foi uma bagunça organizada , pra falar a verdade, preferia que nada tivesse saído do seu lugar ! De 2 meses pra cá, tudo piorou : o meu pai , em um dia de domingo comum (dia 19 de setembro) , ficou doente , fraco , e tossindo muito ! No dia seguinte , ele mal aguentava ficar de pé .. minha mãe o levou pro médico , e descobriram que ele estava com uma doença grave, que poderia ser tratada , mais que ele precisava ficar internado pelo menos 7 dias ali . A partir daí começaram-se as lutas : meu pai não aguentou aos medicamentos fortes , e foi levado pra u.t.i .. foi um choque , mais mesmo assim , tentamos continuar firmes ! no 1° dia após a u.t.i , fui visitá-lo , e coincidentemente foi no mesmo dia que eu estava fazendo aniversário , e eu afirmo com certeza : foi o meu pior aniversário , fiquei mal , era como se tudo perdesse a cor. O tempo foi passando , e todos os dias , algumas pessoas revesavam-se pra ir visitá-lo no hospital .. um dia sim e outro não eu estava ali , com o coração quase saindo e os nervos totalmente abalados , só pra ver como ele estava . E dia após dias , o medo de escutar o que o médico tinha a dizer piorava a situação : Um dia ele melhorava , outro piorava , e os dias foram passando !
            Não me recordo bem qual o dia , mais eu lembro perfeitamente que em uma dessas visitas , ele estava acordado quando cheguei lá , lavei as mãos , botei a máscara , e entrei na sala pra vê-lo, ele estava lá, com o olho aberto , um olhar frágil eu admito , mas o mais sincero ; cheguei perto dele ,coloquei um sorriso no rosto e comecei a falar : '' pai, você tá acordado , você está bem ? '' , ele não podia falar , pois estava com tubos respiratórios em sua boca , e balançou a cabeça dizendo que sim. Foi então que comecei a conversar com ele ! Falei que tudo estava bem em casa, que ele não precisava se preocupar com nada , que ele ia sair dali logo , que tivesse paciência e confiasse em Deus. Ele só olhava pra mim . Então eu perguntei mais uma vez: '' pai , o senhor vai ter calma ? '' e ele balançou a cabeça dizendo que não. E mais uma vez eu perguntei : ' pai , por favor, prometa por mim que o senhor vai ter calma , por mim , por favor '' , ele balançou a cabeça mais uma vez dizendo que sim . Como na u.t.i a visita tem que ser muito rápida , o médico passou na sala pra eu sair dali . Passei a mão na cabeça dele , e disse '' pai, eu te amo muito , por favor nunca esqueça disso , eu irei te amar sempre '' , ele me olhou e balançou a cabeça , saí dali aos prantos. Passaram-se dias , ele teve uma grande melhora, durante 1 semana , na outra , tudo voltou a piorar mais forte ainda ! no 28° dia de hospital e u.t.i ( dia 18 de outubro ) , meus tios chegaram aqui em casa , dando a notícia que todos temiam : ele não havia resistido .
        E agora , eu estou aqui , chorando e escrevendo , com uma dor que quase ninguém sabe . Hoje, eu só queria ele aqui comigo, me dando um abraço , me chamando de bebê , com as suas implicâncias , com todo o seu jeito bruto e doce , eu só queria ouvir sua voz , receber um telefonema dizendo que estava chegando em casa , eu só queria um toque , um eu amo você minha filha. Faz 1 mês que Deus o levou , e faz 1 mês que eu tento organizar a minha vida e nada volta ao lugar . Saudades irão ficar pra sempre , e ele , está em um bom lugar agora. E pra mim , ficaram as lembranças, e a dor, de nunca mais tê-lo aqui.

                   A quem leu , obrigada por lerem , e entender o que estou passando . E desculpem , por não estar mais tão presente aqui.




6 de setembro de 2011

a gente é que ,

acha que as pessoas são nossas, por isso sofremos muito quando elas se vão !

6117463139_d672bda911_large